quarta-feira, 16 de abril de 2014

Um pouco menos...

Não sou a pessoa indicada a falar sobre fé. Minha arrogância, por vezes, confundi-se com as fraquezas e burrices, no entanto, as vezes você escuta:
“Olha Jorge, para um pouco. Volta. Não custa nada”
Volto. Sento por alguns minutos. Não tenho vontade de chorar, fico apenas alegre porque sei que as coisas voltam ao seu prumo.

Preciso agora dos meus livros e minha caneta, assim vou me confortando.

Um comentário:

cso PP disse...

é isso professor, faça-nos pensar.